Em: Notícias CDLNITEROI

Reestruturação e valorização do Centro

 

Projeto visa revitalizar uma das regiões mais movimentadas de Niterói.

A Região da Avenida Visconde do Rio Branco, que faz parte do Caminho Niemeyer e fica na área central de Niterói, foi escolhida para um processo de revitalização que começará pela implantação de uma Rua Completa. O projeto começa desde o Gragoatá até o Mercado de Peixes São Pedro.

Considerada uma das principais entradas da cidade, estima-se que mais de 350 mil pessoas passam por ali ao longo do dia, buscando chegar ao centro, estação das barcas e Terminal de ônibus João Goulart. A ideia é promover a requalificação dos espaços públicos, com renovação completa da infraestrutura, bem como revitalizar a Frente Marítima entre a Ponta D´Areia e a Boa Viagem. O objetivo, segundo o próprio site do projeto, é “garantir espaços públicos acessíveis e sustentáveis, com padrão de qualidade compatível com a importância do local”.

Entre as principais alterações pretendidas estão a renovação de calçadas, iluminação e construção de 20 quilômetros de ciclovias. “A avenida forma um binário com um canteiro central que, hoje, consideramos subutilizado. Nosso conceito principal de organização das vias e das linhas de ônibus que passam ali é utilizar o canteiro central como nova área para o embarque de passageiros. Vamos manter um espaço ainda para arborização e conforto ambiental”, explica Erika Brum, diretora do departamento de urbanismo da Secretaria de Urbanismo e Mobilidade de Niterói.

Como vai funcionar a Parceria Publico Privada?

A empresa escolhida executará as obras e terá a responsabilidade de garantir os serviços como limpeza, iluminação e manutenção urbana por 15 anos. Sendo assim, espera-se que uma obra tão importante não custe muito aos cofres públicos, aumentando a arrecadação do município e abrindo a oportunidade de que outras regiões da cidade possam receber mais atenção dos órgãos públicos. Para acompanhar as obras e a gestão dos serviços, será criada a Nit-Urb, uma empresa de capital misto, sendo que todas as obras e gestão dos serviços prestados por ela e pela concessionária serão fiscalizados pela Prefeitura.

Para mais informações acesse o site: https://bit.ly/2NP1Qlu