Em: Notícias CDLNITEROI

Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil e Wilson Witzel governador do Rio de Janeiro

Com 100% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro foi eleito com 55% dos votos e Wilson Witzel foi eleito com 59% dos votos

Jair Bolsonaro venceu Fernando Haddad na disputa em segundo turno e foi eleito no domingo, 28 de outubro, para seu primeiro mandato como presidente da República (2019-2022). Com 100% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro obteve 57.794.703 votos (55,13%) e Fernando Haddad, 47.032.398 votos (44,87%). As abstenções totalizaram 31.366.204 (21,3% do total), Brancos 2.486.434 (2,14%) e nulos 8.607.400(7,43%).

Alguns instantes após confirmação do resultado, Jair Bolsonaro discursou e fez promessas para seu governo. “Podem ter certeza de que nós trabalharemos dia e noite para isso. Liberdade é um princípio fundamental: liberdade de ir e vir, de andar nas ruas, em todos os lugares deste país, liberdade de empreender, liberdade política e religiosa, liberdade de informar e ter opinião. Liberdade de fazer escolhas e ser respeitado por elas” prometeu.

Por sua vez, Wilson Witzel venceu Eduardo Paes na disputa em segundo turno e foi eleito para seu primeiro mandato como Governador do estado do Rio de Janeiro (2019-2023). Com 100% das urnas apuradas, Wilson Witzel obteve 4.675.355 votos (59,87%) e Eduardo Paes, 3.134.400 votos (40,13%). As abstenções totalizaram 2.984.852 (24.07%), Brancos 346.970 (3,68%) e nulos 1.259.983(13,38%).

Com a confirmação do resultado, Wilson Witzel discursou para a imprensa e prometeu governar para o povo e não para partidos políticos. “Não se governa para um partido, não se governa para uma ideologia. Não tenho compromisso com políticos, com partidos e sim com o povo que me elegeu”, destacou Wilson.

Com a vitória, os candidatos foram eleitos em uma das eleições mais polarizadas da história do país. A missão dos candidatos é recuperar a confiança da população brasileira e de alianças econômicas, recuperar uma economia fragilizada e unir país e estado muito divididos. Os agora o – oficialmente – futuros presidente e governador se elegeram nas eleições consideradas as mais impactada pelas redes sociais desde seu desenvolvimento.

No início da corrida eleitoral, Jair Bolsonaro já liderava as pesquisas e manteve a alta intenção de voto, que foi confirmada no primeiro turno com mais de 46% dos votos. Foi a primeira eleição disputada em segundo turno entre PSL e PT, que desde 1994 sempre foi disputada por PSDB e PT. Wilson Witzel, ao contrário de Bolsonaro, começou com uma campanha tímida, com apenas 1% das intenções de votos, entretanto foi o candidato mais votado no primeiro turno e confirmou o favoritismo derrotando o ex-prefeito do Rio de Janeiro no segundo turno.